;

Taboão: Preso mais antigo na Operação Cleptocracia sai da cadeia

A prisão de Márcio Carra em 18 de março, ex-funcionário da prefeitura da cidade desencadeou as investigações do maior caso de corrupção na história de Taboão da Serra

O mais antigo preso por causa das denúncias de corrupção em Taboão da Serra, Márcio Carra acaba de ser liberado pela justiça. Ele foi solto na quinta-feira (11 de agosto) após conseguir pagar a fiança de R$ 27.250,00 (ou 50 salários mínimos) determinada pelo judiciário e ficará sob as mesmas regras dos demais acusados. Não poderá ausentar-se da Comarca, terá de permanecer em sua casa diariamente após as 18h, além de ficar proibido de exercer qualquer função pública até o final do processo. Caso ele, ou qualquer outro dos indiciados descumpram as regras, poderão voltar para a cadeia.

Márcio Carra colaborou com as investigações e pode ser peça chave na implicação –ou não– de dois prefeitos da cidade nas denúncias de corrupção

A prisão de Márcio Carra em 18 de março (ele ficou portanto quase 5 meses preso) quando fraudava a arrecadação do IPTU na cidade, dando baixa indevida em mais de R$ 60 mil somente em uma operação desencadeou a ‘Operação Ceptocracia’ (ou ‘Estado Governado por Ladrões’) da Polícia Civil de Taboão da Serra, associada ao Ministério Público Estadual que levou à prisão quatro vereadores, três secretários municipais e quase duas dezenas de pessoas.

Durante as investigações, a polícia descobriu que milhões de reais sangravam dos cofres públicos da cidade através de baixas indevidas de dívidas do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e do ISS (Imposto Sobre Serviços), além de anulação de mais de 50% das multas de trânsito aplicadas pelos agentes da Semutrans. Agora, a polícia promete novos inquéritos que podem atingir outras secretarias municipais da cidade, como a de Cultura.

Márcio Carra colaborou com as investigações e pode ser peça chave na implicação –ou não– de dois prefeitos da cidade nas denúncias de corrupção: o atual, Evilásio Cavalcante de Farias (PSB) e o ex-prefeito Fernando Fernandes Filho (PSDB), já que segundo informações correntes na cidade, o esquema de corrupção teria sido montado há mais de dez anos. O ex-funcionário municipal, pivô dos escândalos agora está solto e deve causar dores de cabeça a muitos políticos de Taboão, caso decida contar tudo o que sabe.

(Fato Expresso, com informações do Blog Bar & Lanches Taboão)

INDIQUE ESSA MATÉRIA !!!
  • Sebastiana G. disse:

    Márcio, obrigado por mandar o Fato Expresso para meu e-mail.
    Tenho uma informação que considero importante você saber, a noticia que todos sairam da prissão não é verdade, o Marcelo Maximiliano Soares e o Antonio Tadeu continua na prissão em Trembembe, seus familiares não conseguiram arrecadar o valor da fiança e o Vereador Natal do qual eles eram seus assessores viraou as costas. Assiste o video do programa do Datena, fiquei indignada como pode passar uma reportagem erronia? espero que o Fato Expresso que é um jornal serio possa ir em busca da verdade e corrigir essa noticia erronia.
    um forte abraço


COMENTE ESTA NOTÍCIA. PARTICIPE, OPINE!


nove + 8 =

Leia mais...

MST ocupa fazenda de Cachoeira no Distrito Federal
MST ocupa fazenda de Cachoeira no Distrito Federal

Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra e Movimento de Apoio aos Trabalhadores Rurais (MATR) reivindicam [Read More]

A gestão de esquerda e o socialismo
A gestão de esquerda e o socialismo

(...) não se pode dizer que o programa da Frente Ampla seja um programa de construção de uma sociedade socialista [Read More]

Eldorado dos Carajás: autores do massacre são presos
Eldorado dos Carajás: autores do massacre são presos

E número de ameaçados de morte no campo mais que dobrou em um ano, diz CPT [Read More]

A verdade sobre o Pinheirinho
A verdade sobre o Pinheirinho

Defensoria Pública de São Paulo desmonta toda a história oficial sobre o Pinheirinho. Na Assembleia, pedido de CPI [Read More]

Tenha o FATO EXPRESSO em seu email.

Digite seu endereço de e-mail:

Feito por FeedBurner

TRANSLATE