;

Rogério Ceni faz seu gol de número 100, na contagem da Fifa

Com uma marca digna de constar no Almanaque Guinness, o livro dos recordes, Rogério Ceni acaba de se tornar oficialmente o maior goleiro-artilheiro do planeta, com 100 gols. A marca foi atingida na partida disputada pelo campeonato brasileiro nesta quinta-feira (4 de agosto), ao fazer um gol de pênalti aos 28 minutos, em partida disputada contra o Bahia, na qual o São Paulo venceu por três a zero, com mais dois gols, um de Dagoberto, e outro do novo craque, Lucas.

Irregular no campeonato, o São Paulo vinha de duas derrotas consecutivas e se reabilita momentaneamente, mantendo a segunda posição no brasileirão, atrás apenas do arqui-rival Corínthians. Rogério ‘desencantou’ após permanecer sem marcar por quatro meses e ajudou seu time a sair da mini-crise, já que vinha sendo sistematicamente vaiado pela torcida. Porém, o torcedor do São Paulo não é lá muito fiel. Neste jogo, por exemplo, havia no Morumbi parcos 11.262 pagantes, que proporcionaram ao clube a modesta renda de R$ 253.847,00 – o que não dá para pagar nem o salário de um único craque do clube.

Extra-oficialmente, Rogério já fez 102 gols na carreira, já que tem mais dois feitos em amistosos, não considerados pela Fifa. A marca pessoal é um troféu para uma carreira brilhante, que registra vários campeonatos brasileiros, Libertadores e até uma Copa do Mundo.

Resumo da Carreira

Rogério Ceni tem até um site oficial (http://www.rogerioceni.com.br/) de onde retiramos esta breve biografia. Ceni chegou a jogar Voleibol, esporte que quase o tirou do caminho que acabou levando-o ao sucesso no futebol. Confira.
Rogério Ceni nasceu às 10h30 da noite do dia 22 de janeiro de 1973, em Pato Branco, no estado do Paraná. Filho caçula do casal Eurydes e Hertha, ele cresceu ao lado de três irmãos: Rosicler, Rudimar e Ronaldo.

O esporte sempre foi presente na vida de Rogério. Logo aos quatro anos, incentivado por seu pai, ele aprendeu a jogar tênis e participava dos campeonatos de futebol organizados pela escola em que estudava. A paixão de Rogério pela modalidade aumentou quando aos oito anos foi matriculado na escolinha de futebol do Grêmio Estudantil Patobranquense.

Em 1984, com 11 anos de idade, Rogério passou pela sua primeira grande experiência de vida. Ele foi morar com seus irmãos em Curitiba. No início de 1985, com a crise da madeira no estado do Paraná, Rogério se mudou com os pais para o interior do Mato Grosso, na cidade de Sinop, distante 500 km da capital Cuiabá. Esta mudança desencadeou uma série de mudanças na vida de Rogério.

Voleibol

Em Sinop, ele descobriu uma nova paixão: o voleibol. Durante três anos jogou na equipe da cidade e conquistou diversos títulos regionais. Em 1989, foi convocado para ingressar na seleção mato-grossense de vôlei que disputou os Jogos Estudantis Brasileiros, em Brasília.

O envolvimento com as competições esportivas e os estudos não impediram que Rogério buscasse sua independência e seu lugar no mercado de trabalho. Entre os 13 e 17 anos, ele trabalhou como auxiliar de serviços gerais do Banco do Brasil. Durante o mesmo período, ele jogava como volante (camisa 5) no time de futebol do banco.

Até que um dia, o goleiro do time, que coincidentemente era o chefe de Rogério, não foi jogar. Por ser o mais novo do time, o futuro capitão são-paulino foi para o gol.

Em 1989, fez alguns testes no Sinop Futebol Clube, porém não foi chamado para fazer parte do elenco que disputou pela primeira vez o Campeonato Mato-Grossense.

Apenas no ano seguinte, já com dezessete anos, é que surgiu o convite para ser o terceiro goleiro da equipe. Como ainda trabalhava no Banco do Brasil, Rogério conciliava os treinamentos com o emprego e os estudos.
Durante o primeiro turno do campeonato, o goleiro titular Marília e seu reserva Valdir Braga se machucaram e o técnico Nilo Neves confiou a Rogério a missão de disputar o restante da competição estadual.

Seu primeiro jogo como titular foi no estádio Luis Geraldo da Silva, mais conhecido na região como Geraldão, contra o Cáceres. Rogério defendeu um pênalti no primeiro tempo e o jogo terminou empatado em 1 a 1.

Campeão Matogrossense

O jovem goleiro foi um dos destaques da competição e ajudou o Sinop a conquistar o título estadual daquele ano. Foi a primeira vez na história do futebol mato-grossense que uma equipe do interior do estado sagrou-se campeã da primeira divisão.

Com uma indicação de um diretor do Sinop Futebol Clube, por intermédio do conselheiro José Acras, Rogério desembarcou na capital paulista para fazer um teste no São Paulo Futebol Clube.

Foi no dia 7 de setembro de 1990 que Rogério entrou pela primeira vez em campo no Centro de Treinamento da Barra Funda. O preparador físico Sérgio Rocha, até hoje na função, foi uma das primeiras pessoas com quem o goleiro teve contato neste dia.

“O Sérgio estava me aquecendo, quando no intervalo do treino, o professor Gilberto Morais me colocou no lugar do Gilmar Rinaldi. Participei do coletivo dos profissionais, fiz algumas defesas e sofri apenas um gol, marcado pelo Leonardo”, recorda Rogério.

Quem aprovou a participação no treino e o convidou a jogar no São Paulo foi o preparador de goleiros da equipe profissional na época, o Sr. Gilberto Morais, que jogou pelo clube na década de 60. “Nesse dia percebi que ele tinha uma capacidade maior que a de outros goleiros de sua idade. Sempre repito que se fosse outro em meu lugar também aprovaria. Mas fico orgulhoso por ter sido eu”, analisa Gilberto, hoje com 67 anos e atual coordenador do Centro de Treinamento do Tricolor.

E dessa forma começou a história de Rogério Ceni no São Paulo Futebol Clube.

MARCAS

- SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE

2008 – Campeonato Brasileiro
2007 – Campeonato Brasileiro
2006 – Campeonato Brasileiro
2005 – Mundial de Clubes FIFA
2005 – Copa Libertadores da América
2005 – Campeonato Paulista
2001 – Torneio Rio-SP
2000 – Campeonato Paulista
1999 – Copa Euro América
1998 – Campeonato Paulista
1996 – Copa dos Campeões Mundiais
1995 – Copa dos Campeões Mundiais
1994 – Copa Conmebol
1993 – Mundial Interclubes
1993 – Supercopa da Libertadores da América
1993 – Recopa Sul-Americana
1993 – Troféu Cidade de Santiago de Compostela
1993 – Troféu Jalisco
1993 – Torneio Cidade de Los Angeles
1993 – Copa Libertadores da América
1993 – Copa São Paulo de Futebol Junior
1993 – Campeonato Paulista de Aspirantes
1990 – Campeonato Paulista Juvenil

- SELEÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL

2002 – Copa do Mundo
1997 – Copa das Confederações

- SINOP FUTEBOL CLUBE

1990 – Os goleiros Rogério, Marília e Valdir Braga após serem campeões
1990 – Campeonato Matogrossense

Marcas

  • No dia 1º de setembro de 2007, com uma goleada de 6 x 0 sobre o Paraná Clube, no estádio do Morumbi, Rogério se tornou o goleiro são-paulino com a maior série de jogos sem sofrer gols em Campeonatos Brasileiros. No total foram 988 minutos sem ser vazados, superando Valdir Peres, que ficou 694 minutos sem buscar a bola no fundo das redes, 1983. A série foi interrompida aos 47 min do segundo tempo da vitória de 2 a 1 sobre o Santos, em 15 de setembro, após nove jogos inteiros e dois parciais sem sofrer gols.
  • No dia 19 de agosto de 2009, com um vitória sobre o Fluminense por 1 x 0, Rogério Ceni tornou-se o jogador que mais partidas jogou na história do Campeonato Brasileiro, superando Zinho, que jogou por Flamengo, Palmeiras e Cruzeiro e era dono do antigo recorde com 369 partidas.
  • No dia 28 de outubro de 2010, em partida contra o Atlético Paranaense pelo Campeonato Brasileiro, Rogério atingiu a marca de 700 jogos como capitão de um time, número ainda não alcançado por nenhum outro jogador na história do futebol brasileiro. Ele recebeu a tarja de capitão no ano de 1999.
  • É o terceiro jogador que mais vestiu a camisa de um clube na história do futebol mundial, ficando atrás de Roberto Dinamite, que disputou 1.065 jogos pelo Vasco da Gama e Pelé, que vestiu a camisa do Santos em 1.114 partidas.
  • No dia 4 de agosto de 2011, em partida contra o Bahia, disputada pelo Campeonato Brasileiro, Rogério Ceni, de pênalti marca seu centésimo gol pela contagem oficial da Fifa. É o maior goleiro-artilheiro da história do futebol mundial.

(Fato Expresso, com informações do Site Oficial de Rogério Ceni)

 

Veja os gols da rodada de quinta-feira, 4 de agosto.

INDIQUE ESSA MATÉRIA !!!
Tags relacionadas: , , ,

COMENTE ESTA NOTÍCIA. PARTICIPE, OPINE!


3 + dois =

Leia mais...

Jogadores campeões de Copas do Mundo terão aposentadorias especiais
Jogadores campeões de Copas do Mundo terão aposentadorias especiais

Ex-futebolistas que jogaram em 1958, 1962 e 1970 terão benefício especial na aposentadoria [Read More]

Copa 2014: cartazes oficiais de cidades-sede são apresentados
Copa 2014: cartazes oficiais de cidades-sede são apresentados

As imagens, que serão usadas em todas as ações para promover as capitais até o Mundial [Read More]

Usain Bolt defende no Rio esporte e educação para afastar jovens das drogas
Usain Bolt defende no Rio esporte e educação para afastar jovens das drogas

Bolt e Paes chegaram de helicóptero e foram recepcionados por dezenas de jovens, a maioria alunos da vila olímpica. [Read More]

Fifa aprova horários dos jogos da Copa do Mundo de 2014
Fifa aprova horários dos jogos da Copa do Mundo de 2014

Estão reservados seis horários para a realização dos jogos da fase de grupos – a primeira da competição: 13h, [Read More]

Brasil cumpre em Londres a sua melhor campanha paralímpica
Brasil cumpre em Londres a sua melhor campanha paralímpica

Brasileiros, com 43 medalhas, 21 de ouro, ficaram em 7º lugar, desempenho muito superior aos atletas olímpicos sem [Read More]

Tenha o FATO EXPRESSO em seu email.

Digite seu endereço de e-mail:

Feito por FeedBurner

TRANSLATE